06/02/18 - Dia da Internet Segura: MPF apoia mobilização mundial para “criar, conectar e compartilhar respeito” nas redes

Procuradores da República participam de evento em São Paulo nesta terça (6); outras 50 atividades sobre o tema ocorrem em todo o país

Organizações de todo o mundo ligadas a internet, direitos humanos e educação se reúnem nesta terça-feira, 6 de fevereiro, para comemorar o Dia Mundial da Internet Segura. Em todo o Brasil, serão mais de 50 atividades, em uma mobilização conduzida pela organização não-governamental Safernet e que conta com apoio do Ministério Público Federal.

Com o mote “crie, conecte e compartilhe respeito”, as atividades abordarão temas fundamentais como liberdade de expressão, promoção de diversidade, políticas públicas e proteção à privacidade das crianças na internet. O MPF participa de duas palestras no evento que será realizado em São Paulo, a partir das 9h. As apresentações podem ser acompanhadas ao vivo, pelo link http://www.safernet.org.br/site/sid2018/ao-vivo.

Evento em SP – Na mesa de abertura, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF) – representada pelo procurador regional da República Walter Claudius – discutirá o papel das contra-narrativas ao discurso de ódio na internet. A proposta é abordar o contra-discurso como instrumento para a desconstrução de narrativas de discriminação e intolerância, a partir de uma abordagem propositiva, focando no diálogo, na igualdade, na liberdade e no respeito às diferenças.

O MPF também será representado pela procuradora da República Fernanda Domingos, que compõe a mesa “Governos e Organizações Internacionais: políticas públicas para promoção da cultura de respeito na rede”. Além de integrar o Grupo de Trabalho sobre Combate a Crimes Cibernéticos, a procuradora compõe o projeto “Ministério Público pela Educação Digital nas Escolas”, iniciativa desenvolvida pelo MPF desde 2015 e que já capacitou mais de 4,2 mil professores de escolas públicas e privadas em todo o Brasil.

MP pela Educação Digital – Realizado pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão e o Grupo de Trabalho de Combate a Crimes Cibernéticos da 2ª Câmara de Coordenação do MPF, o projeto busca oferecer a educadores de todo o Brasil subsídios para o desenvolvimento de atividades pedagógicas sobre o uso seguro e cidadão da internet. A iniciativa se alinha às diretrizes estabelecidas pelo Marco Civil da Internet (Lei 2.965/2014), que destaca o dever constitucional do Estado na prestação da educação para o uso seguro, consciente e responsável da internet como ferramenta para o exercício da cidadania, a promoção da cultura e o desenvolvimento tecnológico.

Saiba mais – O Dia da Internet Segura é uma iniciativa global que acontece desde 2004 com objetivo de envolver diferentes atores sociais na promoção de atividades de conscientização em torno do uso seguro e ético do mundo digital. O MPF participa da atividade desde 2009 e, neste ano, também estará mobilizado pelas redes sociais. Durante todo o dia a página da instituição no Facebook e o perfil no Twitter divulgarão conteúdos sobre os perigos na rede mundial de computadores e a responsabilidade de todos em garantir um ambiente virtual que promova a cidadania e o respeito aos direitos humanos. Saiba mais em http://www.safernet.org.br/site/sid2018/programacao


Secretaria de Comunicação Social
Procuradoria-Geral da República
(61) 3105-6406 / 6415
pgr-imprensa@mpf.mp.br
facebook.com/MPFederal
twitter.com/mpf_pgr

Ações do documento